RUI COSTA

Carpinteiro de profissão, irmão de Paulo Marco Fernandes, não é de estranhar a facilidade com que Rui Costa transforma troncos de madeira em máscaras de Carnaval. Nascido em 1978, aprendeu desde cedo com o pai, Hélio da Costa Fernandes, a arte de construir máscaras em madeira, mas só começou a produzir as suas próprias máscaras por volta do ano de 2008, quando tinha cerca de trinta anos. Utilizando a madeira de amieiro e fazendo uso de instrumentos elementares, constrói cerca de 8 máscaras em cada ano, que desfilam pelas ruas de Lazarim no dia de Carnaval.